3 MAI | Apresentação do Livro “A Guerra Civil em Angola, 1975-2002”

O CEI-IUL apresenta o livro “A Guerra Civil Em Angola 1975-2002” no próximo dia 3 de Maio, pelas 18 horas, no Auditório Mário Murteira (ISCTE-IUL, Edífico Sedas Nunes). O evento contará com a presença do autor, Justin Pearce (Universidade de Cambridge), numa mesa-redonda moderada por Ana Lúcia Sá (CEI-IUL) e com a participação de Manuel Ennes Ferreira (ISEG-UL). A entrada é livre.
Sobre o livro

A primeira grande investigação sobre a guerra civil angolana

Depois da independência, Angola ficou dividida por um conflito interno que havia de durar mais de um quarto de século e que veio a definir os contornos do poder político angolano até à actualidade.
A guerra civil teve de um lado a UNITA, do outro o MPLA, mas no meio ficou sempre a população, verdadeira protagonista deste livro. A partir de centenas de entrevistas, e sem tomar partido, Justin Pearce reconstituiu a vertente humana da mais mortífera e longa guerra civil africana.

Sobre o autor

Justin Pearce é investigador na Faculdade de Política e Estudos Internacionais na Universidade de Cambridge (St. Johns College). Doutorou-se na Universidade de Oxford com uma investigação sobre a guerra civil angolana (2011) e fez o pós-doutoramento na School of Oriental and African Studies da Universidade de Londres. Foi jornalista na África do Sul, no Reino Unido e em Angola. Publicou artigos em revistas como a African Affairs e o Journal of Southern African Studies. Este livro foi publicado originalmente pela Cambridge University Press (2015).

"A Guerra Civil Em Angola 1975-2002" book cover / Tinta da China

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

CEI IUL

CEI-IUL (Center for International Studies) is a university-based multidisciplinary research center of the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL). CEI-IUL aims at promoting interdisciplinary research in Social Sciences, International Relations and Economy, focusing in its areas of geographic specialisation: Africa, Asia, Europe, and Transatlantic Relations.

Leave a Reply