30 JAN | Tertúlia “A falar é que a gente se entende: Agora temos turistas a mais?”

O ano de 2017 foi proclamado pela ONU como Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento com a intenção de sensibilizar para a potencial contribuição de um turismo sustentável para o desenvolvimento, encaixando-se nos objectivos e agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Várias regiões do nosso país têm sido indicadas em listas como destinos preferenciais, havendo cada vez mais uma maior oferta de locais que se associam a iniciativas que certificam e direccionam a adopção de normas integradas num turismo mais sustentável, com gestão dos recursos naturais, culturais e sociais. Por um lado, esta procura tem impulsionado a economia de certas regiões, mas por outro, alguns locais têm sofrido com o excesso de turistas e gentrificação das cidades, fazendo questionar a sustentabilidade entre a procura e a capacidade de resposta que temos.

Neste sentido no próximo dia 30, vários investigadores do ISCTE-IUL vão juntar-se na tertúlia “Agora temos turistas a mais?“.

A conversa conta com a presença da investigadora do CEI-IUL, Cátia Miriam Costa, e de um conjunto de outros investigadores do ISCTE-IUL: Ana Oliveira-Brochado (Coordenadora do Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento da Área de Hospitalidade e Turismo), Sandra Loureiro (BRU-IUL), Magda Pinheiro (CIES-IUL), Margarida Vaz Garrido (CIS-IUL), Pedro Miguel Monteiro (CRIA-IUL), Pedro da Luz Pinto (DINÂMIA’CET-IUL), Ricardo Pontes Resende (ISTAR-IUL), Isabel Machado Alexandre (IT-IUL). A moderação ficará a cargo do vice-reitor para a investigação, Fernando Luís Machado.

A tertúlia terá lugar no Auditório Afonso de Barros, Ala Autónoma, Piso 1 pelas 17h30.

 

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

CEI IUL

CEI-IUL (Center for International Studies) is a university-based multidisciplinary research center of the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL). CEI-IUL aims at promoting interdisciplinary research in Social Sciences, International Relations and Economy, focusing in its areas of geographic specialisation: Africa, Asia, Europe, and Transatlantic Relations.

Leave a Reply