9 OUT | A Manipulação de Resultados Desportivos em Portugal

No dia 9 de Outubro, às 17h00, o CEI-IUL irá acolher o seminário “A Manipulação de Resultados Desportivos em Portugal: Logros, Desafios e Áreas de Risco” no qual terá lugar o lançamento do projeto AMATT – Anti Match-fixing Top Training em Portugal.

O seminário, organizado pela associação portuguesa Transparência e Integridade, Associação Cívica, representante em Portugal da Transparency International, com o apoio do CEI-IUL e do Comité Olímpico de Portugal, terá lugar no Auditório J.J. Laginha (edifício Sedas Nunes, ISCTE-IUL).

Sobre a temática do evento

A prática de match-fixing, ou seja, a combinação prévia de resultados desportivos, tornou-se, nos últimos anos, um dos principais problemas do mundo do desporto. De acordo com Marcelo Moriconi (investigador do CEI-IUL), as instituições políticas e desportivas têm procurado métodos eficazes de prevenção para este problema.

Na Península Ibérica, a combinação prévia de resultados decorre, principalmente, da procura de vantagens desportivas e é lavada a cabo por atores do próprio mundo do desporto. O elemento com maior impacto nos meios de comunicação e na sociedade é o da imparcialidade dos árbitros; no entanto, a combinação de resultados pode tomar diferentes formas: desde a combinação entre presidentes de dois clubes, às ofertas feitas por parte dos clubes a jogadores de outras equipas, ou mesmo por sugestão feita pelo próprio clube para a sua derrota, a troco de compensações diversas.

O objetivo deste projeto, financiado pela Comissão Europeia, é eliminar a manipulação dos resultados neste contexto.

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

CEI IUL

CEI-IUL (Center for International Studies) is a university-based multidisciplinary research center of the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL). CEI-IUL aims at promoting interdisciplinary research in Social Sciences, International Relations and Economy, focusing in its areas of geographic specialisation: Africa, Asia, Europe, and Transatlantic Relations.

Leave a Reply