Angola/Eleições: Analistas apontam dificuldades que novo PR terá na governação

Analistas contactados pela Lusa consideram que o próximo Presidente angolano, que surgirá das eleições gerais de 23 de agosto, poderá enfrentar dificuldades em governar devido ao poder de José Eduardo dos Santos, que permanecerá como líder do MPLA até 2018.

“Numa primeira fase, vai haver uma continuidade do poder e, depois, um distanciamento que vai correr após 2018 com a retirada de José Eduardo dos Santos de presidente do partido MPLA”, disse Fernando Jorge Cardoso, economista especialista em estudos africanos.

“O novo Presidente da República, que muito provavelmente será o candidato do MPLA, vai ter pela sua frente, nos primeiros tempos da sua governação, uma situação em que não vai poder mexer muito na estrutura que lhe é deixada, porque que tem um contra poder exatamente ao lado, um contra poder real”, disse Fernando Jorge Cardoso.

Segundo Cardoso, “as condições objetivas do país não vão dar margem de manobra ao novo poder presidencial para poder ganhar um ‘élan’ (impulso) suficiente para resolver as questões graves que o país enfrenta e que não são possíveis de resolver enquanto a principal e quase única fonte de rendimento do Orçamento de Estado vier das receitas do petróleo”.

“É um pouco difícil ter uma perspetiva do que vai acontecer diante de uma situação que nunca ocorreu, já que é a primeira vez que Angola vai a eleições e o Presidente, que esteve muitos anos no poder, não irá concorrer novamente ao cargo”, considerou Eugénio Costa Almeida, investigador do Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI-IUL).

Segundo Costa Almeida, “João Lourenço, quem o conhece diz que é uma pessoa cordata e inteligente, poderá tentar, discretamente alterar algumas linhas da política do partido”, sublinhou Almeida.

“Se João Lourenço vai conseguir fazer estas mudanças ou não já é uma outra questão”, diante do quadro de poder de José Eduardo dos Santos e do MPLA na máquina do Estado, acrescentou o investigador do CEI-IUL.

Leia os comentários completos dos investigadores do CEI-IUL no site do jornal Diário de Notícias.

Photo by unknown / CC BY-SA 2.0

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

CEI IUL

CEI-IUL (Center for International Studies) is a university-based multidisciplinary research center of the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL). CEI-IUL aims at promoting interdisciplinary research in Social Sciences, International Relations and Economy, focusing in its areas of geographic specialisation: Africa, Asia, Europe, and Transatlantic Relations.

Leave a Reply