O atentado em França e o problema do terrorismo

A investigadora do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL), Ana Isabel Xavier, foi convidada do “Jornal das 12” da RTP 3 para comentar o mais recente ataque terrorista em solo francês onde perderam a vida quatro pessoas, tendo outras 15 ficado feridas, entre elas um português. O autor do ataque, abatido pela polícia, terá agido em nome do auto-proclamado Estado Islâmico, que reivindicou o ataque horas mais tarde.

Segundo Ana Isabel Xavier, é necessário ter em conta alguns aspectos no que diz respeito a este ataque: “França tem 500 terroristas islâmicos presos, 5.800 sob vigilância policial e 17 mil classificados como ameaça potencial”. Estes números demonstram, segundo a EUROPOL, um “défice crónico” na monitorização policial que é necessária para conter ataques terroristas, sendo que este problema é transversal a todo o mundo. No entanto, França tem investido em medidas de prevenção e de monitorização, agilizando também a troca de informações entre os “serviços de informação e as forças de segurança” e reforçando a legislação.

Oiça o comentário completo no site da RTP Play.

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Ana Isabel Xavier

Researcher at CEI-IUL. PhD in International Relations (Coimbra University), post-graduation in Human Rights and Democratisation (Coimbra University), Master degree in Sociology (Coimbra University), Undergraduate degree in International Relations (Coimbra University). Research interests: European Union, Security and Defence, Human Security, Human Rights and Globalization

Leave a Reply