Investigadores do CEI-IUL recebem Prémios Científicos do ISCTE-IUL

Sete investigadores do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL) foram premiados pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa pela publicação dos seus artigos em revistas de excelência com circulação internacional. Os artigos reflectem as diferentes linhas de investigação que o CEI-IUL desenvolve e as diferentes áreas geográficas de intervenção. A todos o CEI-IUL endereça os parabéns pelo seu trabalho que prestigia em muito a nossa unidade de investigação.

Os investigadores Ana Margarida EstevesAna Rita SequeiraMárcio BaptistaPedro NetoPedro SeabraRiccardo Marchi e Vasco Martins receberão oficialmente estes prémios científicos numa cerimónia pública que decorre no dia 2 de Junho, pelas 16h00, no auditório B203 do edifício II (ISCTE-IUL), no âmbito da Semana da Investigação 2017.

Radicalismo Ambiental e práticas de ‘”commoning”

A investigadora Ana Margarida Esteves publicou um artigo sobre as influências e limitações do radicalismo ambiental na origem do “commoning”, na revista Antipode: A Radical Journal of Geography.

Esteves, A. (2016). Radical Environmentalism and “Commoning”: Synergies Between Ecosystem Regeneration and Social Governance at Tamera Ecovillage, Portugal. Antipode: A Radical Journal of Geography 49 (2), 357-376.DOI: 10.1111/anti.12278

A fiabilidade de uma iniciativa de transparência

Ana Rita Sequeira  publicou no ano passado a sua investigação sobre as informações que são fornecidas a nível ambiental por empresas mineiras na Zâmbia e de que modo estas contribuem ou não para que o indicador EITI (Extractive Industry Transparency Initiative) seja considerado fiável.

Sequeira, A.R., McHenry, M. P., Morrison-Saunders, A., Mtegha, H., Doepel, D. (2016) Is the Extractive Industry Transparency Initiative (EITI) sufficient to generate transparency in environmental impact and legacy risks? The Zambian minerals sector. Journal of Cleaner Production 129, 427-436. DOI: 10.1016/j.jclepro.2016.04.036

Boa governação empresarial no Brasil

O investigador associado do CEI-IUL Márcio Baptista apresentou os resultados de um estudo sobre os possíveis factores determinantes da adopção de práticas de boa governação empresarial por parte de empresas Brasileiras.

Leão, A., Da Silva Montezano, R. M., Lameira, V. D. J., Amaral-Baptista, M. A., Harris, J. E. (2016) Corporate governance determinants in emerging markets: evidence from Brazil. International Journal of Industrial and Systems Engineering 24 (2), 178-197. DOI: 10.1504/IJISE.2016.10000157

A fronteira Angola-Zâmbia

Pedro Neto, fez neste artigo uma reflexão, publicada já em 2017 no Journal of Borderlands Studies, sobre os eventos que estarão na origem da demarcação da fronteira Angola-Zâmbia e a sua consolidação internacional.

Neto, P. F. (2017) The consolidation of the Angola—Zambia border: violence, forced displacement, smugglers and Savimbi. Journal of Borderlands Studies 32 (3), 305-324. DOI: 10.1080/08865655.2016.1195708

O papel do Brasil na ZOPACAS

Pedro Seabra analisa aqui a revitalização de uma organização interregional – a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS), que pretende promover a cooperação regional e a manutenção da paz e segurança na região do Atlântico Sul – e analisa o modo como o Brasil a utiliza para se afirmar como lider regional.

Abdenur, A. E., Mattheis, F., Seabra, P. (2016) An ocean for the Global South: Brazil and the zone of peace and cooperation in the South Atlantic. Cambridge Review of International Affairs 29 (3), 1112-1131. DOI:10.1080/09557571.2016.1230592

A Nouvelle Droite em Portugal

Em 2016,  Riccardo Marchi descreve no artigo publicado na revista Patterns of Prejudice o modo como a Nouvelle Droite Francesa foi introduzida em Portugal durante a transição do regime Salazarista para a democracia.

Marchi, R. (2016) The Nouvelle Droite in Portugal: a new strategy for the Portuguese radical right – between the authoritarian regime and the transition to democracy. Patterns of Prejudice 50 (3), 232-252. DOI: 10.1080/0031322X.2016.1207924

A cidadania em Angola

Vasco Martins reflecte nesta publicação sobre o conceito de cidadania em Angola, procurando indagar sobre o modo como é tratado no dias de hoje e sobre as implicações que a situação política actual do país impõe differentes níveis/hierarquias ao mesmo.

Martins, V. (2016) Politics of Power and Hierarchies of Citizenship in Angola. Citizenship Studies 21 (1), 100-115. DOI: 10.1080/13621025.2016.1252718

 

ISCTE-IUL, photo by Manuelvbotelho (cropped), CC BY-SA 3.0

CC BY-NC-SA 4.0 This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

CEI IUL

CEI-IUL (Center for International Studies) is a university-based multidisciplinary research center of the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL). CEI-IUL aims at promoting interdisciplinary research in Social Sciences, International Relations and Economy, focusing in its areas of geographic specialisation: Africa, Asia, Europe, and Transatlantic Relations.

Leave a Reply